Fale com este blog

E-mail: ercio.remista@hotmail.com
Celular: (91) 8136-7941
Para ler postagens mais antigas, escolha e clique em um dos marcadores relacionados ao lado direito desta página. Exemplo: clique em Santarém e aparecerão todas as postagens referentes à terra querida. Para fazer comentários, eis o modo mais fácil: no rodapé da postagem clique em "comentários". Na caixinha "Comentar como" escolha uma das opções. Escreva o seu comentário e clique em "Postar comentário".

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Tribunal de Justiça do Pará elege seus novos dirigentes


A desembargadora Luzia Nadja Guimarães Nascimento (foto) é a nova presidente do Tribunal de Justiça do Pará (TJE-PA). Ela foi eleita com 15 dos 29 votos na eleição realizada hoje entre os desembargadores do tribunal. A votação foi iniciada por volta de 9h da manhã, e também apontou o desembargador Claudio Montalvão como novo vice-presidente do TJE.

Atualização às 12h45
Para as Corregedorias foram eleitos: desembargador Ronaldo Vale (Comarcas da Capital) e desembargadora Maria de Nazaré Saavedra Guimarães (Comarcas do Interior).

Mensaleiros absolvidos do PT fazem festa na Câmara

 Os ex-deputados do PT Professor Luizinho (SP) e Paulo Rocha, durante a Exposição Comemorativa da Edição 5000 do Boletim do PT na Câmara 
Ex-deputados Paulo Rocha e Professor Luizinho festejam absolvição
Balões vermelhos e estrelas brancas em referência ao Partido dos Trabalhadores decoravam ontem (30) o fim de uma rampa na Câmara dos Deputados. Convidados comemoravam, tilintando taças de champanhe, as 5.000 edições dos informes do PT na Câmara. Entre as personalidades, dois réus do mensalão absolvidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

“Agora sou ex-deputado e ex-mensaleiro”, debochou, gargalhando, o ex-líder petista Professor Luizinho, absolvido do crime de lavagem de dinheiro na mais alta corte do país. Acusado de embolsar 20 000 reais do esquema de corrupção, Luizinho foi um dos políticos que enfrentou outro tipo de condenação: nas urnas. Em 2006, ele não conseguiu renovar seu mandato de deputado federal. Dois anos depois, não teve votos sequer para se eleger vereador em Santo André, no ABC paulista.

Ao seu lado, mais contido, o também ex-líder Paulo Rocha sorria. Presidente do diretório do PT no Pará, Rocha também se livrou de uma condenação por lavagem. Ele foi beneficiado após um empate de cinco votos a cinco dentro do STF. Nas urnas, também foi castigado em 2010.

Em rodinhas, deputados, ex-congressistas e funcionários do PT comemoravam, ao som de “Lula lá”, as edições dos informes do PT na Câmara. Banners e painéis nas paredes foram fixados nas paredes com petistas históricos: o ex-presidente Lula, o ex-presidente do PT José Genoino pela corte, e o ex-deputado Paulo Rocha estampavam a galeria dos ex-líderes da legenda na Casa. O quadro ao lado mostrava aqueles que, filiados ao partido, ocuparam a presidência da Câmara dos Deputados: Arlindo Chinaglia, Marco Maia e João Paulo Cunha. (veja.abril.com.br)

"Brega é não ser verdadeiro", dispara Lino Villaventura


 
Lino Villaventura: a alma do paraense foi retratada na trilha sonora de seu Inverno 2013 da SPFW!
Tradicionalmente responsável por momentos de fortes (cá entre nós, as maiores) emoções das edições da São Paulo Fashion Week, Lino Villaventura desfilou pela passarela montada no Parque Villa-Lobos, suas ideias para a temporada Outono/Inverno 2013. Mas, além do luxo visceral que, costumeiramente, acompanhamos em suas coleções, o mestre nos brindou com uma trilha sonora executada pelo veterano Felipe Venâncio, misturando ritmos brasileiros em um caleidoscópio rítmico de arrepiar. E, por falar em arrepios... "Fiquei assim, arrepiado, ao conferir, pela primeira vez, o Terruá Pará, de onde surgiu a inspiração para a trilha", comentou Lino, no backstage disputadíssimo pós-desfile, referindo-se ao festival de música paraense que acontece, anualmente, no Parque do Ibirapuera. Detalhe: Lino, para quem não sabe, é paraense.

Aliás, para Lino, o Pará nunca esteve tão na moda, muito por conta da chamada música brega. Algum incômodo? "Brega é não ser verdadeiro. A Gaby Amarantos, por exemplo, é incrível, única e me fascina justamente por usar vestidos que eu jamais conseguiria criar", define o designer que, aos 60 anos de idade e 34 de carreira, não se considera um artista completo. "O céu não é o limite. Quero ir além de dele". E vamos nós, voando ao lado de Lino. Amém.  (Por Heloisa Tolipan - Jornal do Brasil)
Mais aqui >Muito drama na passarela de Lino Villaventura

Ciclone mata 48 e prejuízos devem chegar a US$ 20 bilhões nos EUA

O furacão Sandy, que se transformou em tempestade extratropical após atingir o continente, matou pelo menos 48 pessoas e causou muita destruição na Costa Leste dos EUA a uma semana das eleições presidenciais. Cerca de 8 milhões de pessoas ficaram sem energia elétrica e centenas de milhares precisaram deixar suas casas.
Casas destruídas após passagem do ciclone Sandy na região de Queens, em Nova York

Ao todo, os custos da destruição podem chegar a US$ 20 bilhões - pelo menos US$ 10 bilhões seriam danos aos negócios provocados pela paralisação da economia em uma região que vai dos Estados da Carolina do Norte ao Maine, onde se localizam algumas das maiores cidades americanas, de acordo com estimativa da consultoria IHS Global Insight. O ciclone provocou o fechamento, por dois dias, da Bolsa de Nova York, que deve reabrir nesta quarta-feira.

Cerca de 16 mil voos foram cancelados e alguns aeroportos, como o JFK, de Nova York, voltam a operar normalmente nesta quarta-feira. O La Guardia, também em Nova York, não tem data para reabrir. Os trens também estão parados. O metrô nova-iorquino, em razão do alagamento em dezenas de estações, deve voltar a funcionar apenas em quatro dias.

"Em 118 anos de funcionamento do metrô, nunca tivemos tantos danos", disse o presidente da Autoridade de Transportes Metropolitanos. Várias áreas próximas ao distrito financeiro, como o sofisticado bairro de Battery Park, onde se localiza a sede do banco Goldman Sachs, sofreram com inundações de até 4 metros. O memorial do 11 de Setembro também sofreu com as enchentes durante a noite, embora a situação tenha melhorado ao longo do dia.

Ontem à noite, alguns ônibus voltaram a circular, mas o transporte entre diferentes partes de Nova York ainda era precário. Muitos não sabiam quando retornariam ao trabalho ou mesmo para suas casas.

Um dos maiores dramas na maior cidade do país ainda era a grua pendurada no topo do Edifício One57, ainda em construção, que será o mais caro de Nova York. Todos os quarteirões ao redor, em uma das principais regiões de Manhattan, foram isolados e autoridades locais estudavam uma forma de evitar a queda que poderia atingir o Carnegie Hall. No Queens, cerca de 80 casas foram destruídas por incêndios.

Segundo a companhia de eletricidade ConEd, cerca de 684 mil usuários ficaram sem energia. A região mais atingida foi a parte sul de Manhattan. Em alguns casos, a queda de luz foi provocada pela explosão de uma subestação. Em outros, como medida preventiva. Em New Jersey, 2,5 milhões ficaram no escuro.

Atlantic City, localizada no Estado de New Jersey, a cerca de 100 quilômetros de Nova York, foi o local onde os estragos foram maiores. As ruas da cidade, conhecida por seus cassinos, ficaram completamente alagadas e a orla foi destruída.

"Estamos no meio das buscas e da procura por pessoas desaparecidas. Nossas equipes estão se movimentando o mais rapidamente possível. No entanto, os estragos no litoral de New Jersey são os maiores que eu já vi. Os prejuízos são incalculáveis", afirmou o governador do Estado, o republicano Chris Christie.

O presidente Barack Obama, que deixou de lado a campanha eleitoral e deve visitar New Jersey nesta quarta-feira. Segundo ele, "a tempestade ainda não acabou". O presidente pediu mais coordenação com os governadores. "Eles podem me ligar diretamente na Casa Branca. Não há desculpa para a falta de ação", afirmou Obama.

Os ventos, com cerca de 100 km/h, continuam se movimentando na direção do oeste dos EUA, atingindo a região dos Grandes Lagos, onde estão outros grandes centros urbanos, como Detroit e Chicago, segundo o Centro Nacional de Furacões, da Flórida (NHC, na sigla em inglês). O NHC e os meteorologistas preveem possíveis enchentes na região dos Grandes Lagos e fortes ventos nos Montes Apalaches entre esta noite e madrugada de quarta-feira. O diretor do NHC, Rick KnabbKnabb, alertou que os rios na Pensilvânia e em New Jersey ainda podem transbordar.  (Estadão)

Prefeitura de Belém: Equipe que coordenará transição é apresentada.

José Maria Campos e Tereza Cativo, membros da equipe de transição, e Zenaldo Coutinho
Já está definida a equipe que irá coordenar a transição política na Prefeitura Municipal de Belém pelos próximos dois meses. A equipe de transição é formada por quatro representantes do atual prefeito, Duciomar Costa (PTB), e três do prefeito eleito, Zenaldo Coutinho (PSDB). O secretário municipal de Planejamento e Gestão, Edilson Pereira; a secretária municipal de Assuntos Jurídicos, Alyne Athayde; o secretário municipal de Administração, Alan Dionísio Sales e a auditora-geral do Município, Maria de Nazareth Maciel foram indicados pelo prefeito Duciomar para representar a Prefeitura na transição. Já o prefeito eleito, Zenaldo Coutinho, escolheu três nomes: Teresa Cativo, secretária Extraordinária de Estado para Projetos Estratégicos; a economista Lucy Leão e o contador aposentado do Tribunal de Contas dos Municípios do Pará (TCM-PA), José Maria Campos. Ontem, o grupo foi apresentado formalmente em uma primeira reunião na sede da Companhia de Desenvolvimento e Administração da Área Metropolitana de Belém (Codem), local onde a equipe irá trabalhar.



Padilha quer ajudar na transição da saúde do Pará

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, disse ontem que pretende se reunir no final de novembro com os prefeitos eleitos de Belém e Ananindeua, ambos do PSDB, portanto oposição ao governo federal. Ele informou que a reunião vai contar também com os atuais prefeitos – Duciomar Costa e Helder Barbalho – e com representantes do governo do Estado. Padilha disse que quer se antecipar no combate aos graves problemas que o município de Belém enfrenta no atendimento de urgência e emergência.

“Solicitei reunião imediata com os novos prefeitos eleitos, com o governo do Estado e com os atuais prefeitos para que a gente possa acelerar as ações que já estão em andamento junto com o Ministério da Saúde. Temos dois problemas graves em Belém que são o atendimento nos prontos-socorros e a retaguarda ao Hospital Metropolitano. Precisamos acelerar as ações do programa S.O.S Emergência abrindo leitos de retaguarda e colocando as UPAs 24 horas para funcionar além de reestruturar os prontos-socorros da capital”, destacou Padilha.

Padilha disse que, como ministro da Saúde, decidiu se antecipar à sucessão das prefeituras da região metropolitana de Belém, que tem duas grandes prioridades que devem ser mantidas e aceleradas. “Quero estar presente junto à região metropolitana para acelerar estas ações”, repetiu.

Alexandre Padilha anunciou ontem mais R$ 1,2 milhão para a reforma do Hospital Unidade Cidade Nova VI, em Ananindeua, que também receberá novos leitos de retaguarda para dar suporte ao Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE). Ao todo, foram pactuados 90 leitos com a Secretaria de Saúde do Estado e do Município, sendo 50 leitos para a Unidade da Cidade Nova VI e 40 para o Hospital Galileu. (Diário do Pará)

Isto é louvável: Haddad e Alckmin firmarão parceria

GOV. GERALDO ALCKMIN E O PREFEITO FERNANDO HADDAD
O prefeito eleito Fernando Haddad (PT) e o governador Geraldo Alckmin (PSDB) irão firmar parceria para trabalharem juntos nos projetos de São Paulo. A decisão foi tomada após ambos se reunirem nesta terça (30). Mesmo com as diferenças durante a campanha eleitoral, Haddad afirmou que irá constituir um grupo para estudar possibilidades de investimentos e parcerias com o governo do Estado. "Depois da eleição é hora de somarmos esforços para realizarmos os desejos manifestos pela população durante o período eleitoral", afirmou. O petista disse que no encontro eles discutiram a questão das creches. Ele mencionou um programa do governo do Estado de apoio às prefeituras e disse também que vai "explorar possibilidades de terrenos do Estado" para construção das unidades.

No blog do Claudio Humberto:

Médico de Joaquim Barbosa cuidou do Papa João Paulo II
O tratamento na coluna do ministro Joaquim Barbosa começou na segunda (29) em Dusseldorf (Alemanha). Relator do processo do mensalão e futuro presidente do Supremo, ele recebe aplicações de “prp” (plasma rico em plaquetas) administradas pelo mesmo médico que cuidou do papa João Paulo II e de atletas como Alex Roriguez, astro do beisebol, Kobe Briant (Lakers) e o golfista fijiano Vijav Singh. Joaquim Barbosa sente dores, mas enfrenta bem o tratamento de uma semana, até retomar, dia 5, o julgamento dos réus do mensalão. Joaquim pediu audiência para entregar pessoalmente a Dilma o convite para sua posse na presidência do STF, no dia 22.
"Meus amigos"
Barack Obama cancelou a campanha de reeleição para monitorar a megatempestade Sandy. O candidato no Brasil distribuiria bolsa-boia...
Bum!
Separado da mulher e ex-sócia, falido e ameaçado por décadas na cadeia, Marcos Valério é uma bomba-relógio: só não falou porque negocia com o Supremo sua segurança pessoal se abrir a boca.
Estado tucano
No Pará, o governador Simão Jatene e o senador Flexa Ribeiro, ambos do PSDB, comemoram a vitória em Belém e outros municípios do Pará. O partido cresceu 150% no Estado, saltando de 13 para 32 prefeituras.

Graça Foster diz em seminário ter tatuagem, gostar de rock e de futebol

Acordar no meio da madrugada para fazer anotações e ir ao estádio de futebol sozinha são alguns dos hábitos da presidenta da Petrobras, Graça Foster (foto), revelados ontem (30) ao falar sobre o perfil de mulheres em altos cargos durante o seminário Mulheres Reais que Transformam, no Rio.
Graça Foster fala no encerramento da Rio Oil & Gas (Foto: Lilian Quaino/G1)
Torcedora do Botafogo, ela também falou sobre a infância modesta, no Complexo do Alemão, na Penha, zona norte da capital fluminense, de suas preferências musicais, de Beatles e Janis Joplin, que gosta de ouvir quando consegue almoçar sozinha. “Adoro rock”, disse, além de assumir ter tatuagens “até em locais que a roupa não mostra”.

Uma das 20 mulheres mais poderosas do mundo, segundo a revista norte-americana Forbes, Graça declarou ainda que nunca sofreu constrangimento por ser a primeira mulher presidenta de uma das mais importantes empresas do planeta. “Talvez, por ter passado por todos os níveis, entrei muitas vezes na sala da presidência como diretora, como gerente. Hoje, quando sento na minha cadeira, vejo que o poder vem carregado de dever”, disse.

Do alto do seu 1,79 metro, ela se definiu como uma pessoa segura e avaliou que o desafio da presidência, para homens ou mulheres, chama-se responsabilidade. “O poder vem quando é esperado que você dê o primeiro passo”.

Engenheira pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e economista, Graça, que começou na Petrobras como estagiária, aos 21 anos de idade, e era mãe de uma menina de 2 anos, disse que chora nos momentos íntimos, como qualquer pessoa, mas também xinga e dá broncas, quando necessário. “É amor, carinho e cobrança”, ressaltou. “Sou extremamente disciplinada. Trabalho e estudo muito até mesmo para uma conversa simples. Então, eu cobro, embora nem sempre seja nesse tom ”, completou.

A liberiana Leymah Gbowee, Prêmio Nobel da Paz, em 2011, também falou durante o seminário. A ativista africana defendeu a necessidade de as sociedades enfrentarem estereótipos e sugeriu que mulheres bem sucedidas “ajudem umas as outras”. “Se você ocupou seu espaço, veja como pode ajudar outras mulheres a plantar seus pés firmes nesta terra e a exercer seu potencial”.

Em uma declaração contra o racismo, Leymah ressaltou que a cor de pele não pode ser motivo de discórdia e de violência. A ativista, de 40 anos, organizou, em 2002, protestos pacíficos para acabar com os conflitos na Libéria. Em um desses movimentos, ela levou as liberianas de todas as confissões religiosas a negar sexo aos homens até que cessassem os combates.

Organizado pela jornalista Ana Paula Padrão, o evento realizado ontem no Rio de Janeiro, reuniu cerca de 500 participantes e discutiu o papel das mulheres na sociedade e direitos humanos.  (Ag.Brasil)

Equatorial assume o controle da Celpa

Equatorial assume o controle da Celpa (Foto: Rogério Uchôa/Arquivo)
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou a transferência do controle da Centrais Elétricas do Pará (Celpa) para a Equatorial Energia, empresa que adquiriu a distribuidora paraense em setembro, depois do pedido de recuperação judicial. Ontem, durante reunião pública da diretoria da Aneel foi dada a anuência para a transferência do controle societário, anteriormente detido pelas empresas QMRA Participações S.A. e Rede Energia S.A., passará para a Equatorial Energia S.A..

A fiscalização da Aneel analisou a idoneidade financeira e a regularidade jurídica e fiscal da controladora pretendente (Equatorial) e recomendou a anuência da transferência, posteriormente autorizada pela diretoria.

A Agência deu prazo de 90 dias para implementação e formalização da transferência, após a publicação da resolução autorizativa no Diário Oficial da União (DOU). A partir daí, a Equatorial terá 30 dias para enviar a Aneel documentação comprobatória da transferência, sob pena de caducidade da anuência concedida.

Depois da transferência das ações a Equatorial Energia vai passar a deter 61,37% da sociedade, a Eletrobras 34,24 e outros participantes continuarão com 4,39%.

A Equatorial é a atual controladora da Cemar (Companhia Energética do Maranhão) e detém uma fatia de 25% da Gerarmar, responsável pela implantação e operação das usinas termoelétricas de Tocantinópolis e de Nova Olinda, no Maranhão. (Diário do Pará)

Em depoimento, policial inocenta condenados no caso Dorothy Stang

 
Dotothy Stang (Foto: Reprodução/TV Globo) 
Dotothy Stang (Foto: Reprodução/TV Globo)
O juiz Raimundo Moisés Alves Flexa, titular do 2º Tribunal do Júri da Capital colheu nesta terça-feira (30) o depoimento do policial federal Fernando Luiz da Silva Raiol, sobre suposto “fato novo” no caso Doroth Stang, missonária assassinada em 2005, em Anapú, município de Altamira.

No depoimento, o policial inocenta Vitalmiro Moura, condenado a 30 anos de prisão por ter sido mandante do assassinato da misisonária, e Regivaldo Galvão, também condenado pela execução da religiosa, e alega que os dois foram injustamente responsabilizados pelo crime.

Segundo o policial, teria existido consócio, não para matar a missionária, mas, para os produtores protegerem seus lotes, e que um delegado da Polícia Civil teria fornecido armamento para os posseiros. A versão do depoente é de que o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) entregaria ao Projeto de Desenvolvimento Sustentável (PDF), coordenado pela religiosa, a área de terra onde estaria assentado Raifran da Neves, e este se sentia ameaçado por Dorothy.
Leia mais:

Policial dá nova versão sobre o assassinato

Senador reclama de censura em seu pronunciamento no plenário do Senado

Foto
SEN. MÁRIO COUTO
O senador Mário Couto (PSDB-PA) afirmou ontem (30) que foi censurado no Senado Federal. Ele disse que quase todo seu pronunciamento foi tirado das notas taquigráficas porque suas palavras causaram indignação nas senadoras Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) e Lídice da Mata (PSB-BA). Couto dirigiu acusações contra elas e chegou a pedir que o Supremo Tribunal Federal (STF) analise outros processos, além do mensalão, que envolvam parlamentares a fim de fazer uma “limpeza” no Congresso Nacional. “Além de cortarem praticamente todo o meu pronunciamento, palavras que eu falei na tribuna, na tarde de hoje, foram tiradas do meu pronunciamento”, disse indignado. “Não quero que o meu direito democrático seja tirado nesta Casa, eu não vou admitir. Palavras como “ladrão”, eu quero que a palavra “ladrão” esteja contida no meu pronunciamento”, exigiu. O senador pediu para que o presidente do Senado, José Sarney, apure o episódio – já que está é a “a décima ou vigésima vez” que suas palavras são cortadas de seu pronunciamento. Sarney garantiu que vai apurar o caso. (No blog do Claudio Humberto)

No blog do Tutty Vasques:
O senador Álvaro Dias disse em Brasília que o colega tucano Mário Couto “talvez não tenha sido bem entendido” quando abriu o bico na tribuna para dizer que está cheio de ladrão no Congresso roubando o dinheiro do povo.

Senado aprova prazo para início de tratamento de câncer pelo SUS

O Senado aprovou ontem (30) um projeto de lei que estabelece o prazo máximo de 60 dias para que um paciente diagnosticado com câncer inicie seu tratamento (cirurgia, radio ou quimioterapia) pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O texto, um substitutivo da Câmara ao projeto iniciado no Senado em 1997, segue para sanção presidencial e entra em vigor 180 dias após publicação no "Diário Oficial da União". O projeto prevê que os pacientes que sentirem dores decorrentes do tumor tenham tratamento privilegiado e acesso gratuito a medicamentos para aliviar o sofrimento. Além disso, obriga os Estados que não dispõem de serviço especializado em oncologia a elaborarem planos regionais para a criação desses espaços. Em parecer da Comissão de Assuntos Sociais (CAS), que revisou o substitutivo enviado pela Câmara, a senadora Ana Amélia (PP-RS) afirmou que não se deve esperar que a aprovação da lei "resulte na extinção das mortes por câncer no Brasil", mas que o Estado fará sua parte no combate à doença "desde que as disposições legais sejam efetivamente cumpridas".

No blog do Giba Um:

A noiva da vez
Nove entre dez analistas lúcidos são unânimes em afirmar que, nessas eleições, quem mais ganhou músculos com vistas a 2014 foi o governador Eduardo Campos (PSB), de Pernambuco, que passa a ser a noiva mais cobiçada da política nacional. Ele poderá ser candidato a presidente pelo PSB ou pode ser um aliado de Aécio Neves. Só que está mais do que aberto para uma recomposição com Lula, Dilma e o PT, desde que reconheçam seu peso, bem como de seu partido. Esse é o cenário pra os próximos meses.
Os mais caros
Os parlamentares brasileiros são os mais caros do mundo, segundo estudo da Organização Transparência Brasil. Cada parlamentar no país custa R$ 10,2 milhões por ano; na Itália, R$ 3,9 milhões; na França, R$ 2,8 milhões; na Espanha, R$ 850 mil e na Argentina, R$ 1,3 milhão. Esse custo se repete nas Assembléias Legislativas. O pior exemplo está em Brasília, onde cada um dos 24 deputados distritais custa, por ano, R$ 10 milhões. E mais: cada vereador, em São Paulo e no Rio, não sai por menos de R$ 5 milhões por ano.
Comprando a TAP
O empresário brasileiro-colombiano German Efromovich está negociando a compra da TAP com a ajuda de um peso-pesado de lá: é seu amigo Miguel Relvas, ministro-adjunto e dos Assuntos Parlamentares de Portugal. O ministro, por sua vez, tem amigos conhecidos no Brasil, entre eles, José Dirceu que, mesmo sob o final do julgamento do mensalão, estaria dando uma consultoria à transação.
Internado
O estado de saúde do ministro Edison Lobão, de Minas e Energia, internado, há mais de duas semanas, no Einstein, em São Paulo, seria mais preocupante do que se supunha: AVC e infecção generalizada.
Made in Fortaleza
São de uma confecção de Fortaleza os microshorts que a personagem Morena, vivida por Nanda Costa, usa na novela Salve Jorge. Na fase de pré-produção, a figurinista Emilia Silveira encontrou um catálogo com a marca Fil 7, fez o contato e em duas semanas, a fábrica cearense preparou as peças em versões estonadas, com brilho, de couro e cetim e enviou para a Globo.
Quase reforma
O julgamento do mensalão produziu efeitos para valer nas eleições municipais. Dirigentes dos grandes partidos confessam que as campanhas conseguiram muito menos dinheiro e os doadores faziam questão de que tudo transcorresse na legalidade, com recibos e devidas declarações nos tribunais eleitorais. Depois que o Supremo decidiu tratar como crime de lavagem de dinheiro a habitual pratica do caixa dois, o que se viu foi quase uma reforma política, feita no muque e com muito medo. 
Celibatária
Ex-atriz, deputada estadual no Rio pelo PDT, ex-mulher de Roberto Carlos (foram casados durante 12 anos) e hoje missionária católica, Myrian Rios gostaria de ter aprofundado sua relação com o cantor. “Eu queria ter um filho com ele”, contou a Amaury Jr. Hoje com 53 anos de idade, Myrian diz que não está “interessada em ninguém” e deve manter seu celibato, confessando que vive sem sexo há dez anos. Agora, ela está focada na vinda do Papa Bento 16 ao Brasil, no ano que vem. Os mais veteranos ainda se lembram dela, em duas edições de Ele, Ela, nos anos 70.
Myriam quando era casada com Roberto Carlos - 1985
(Fotos: arquivo deste blog)

Jornalismo, âncora da democracia

Por Carlos Alberto di Franco; doutor em Comunicação pela Universidade de Navarra e diretor do Departamento de Comunicação do Instituto Internacional de Ciências Sociais (IICS)

As virtudes e as fraquezas dos jornais não são recatadas. Registram-nas fielmente os sensíveis radares dos leitores. Precisamos, por isso, derrubar inúmeros desvios que conspiram contra a qualidade dos jornais.

Um deles, talvez o mais resistente, é o dogma da objetividade absoluta. Transmite, num pomposo tom de verdade, a falsa certeza da neutralidade jornalística. Só que essa separação radical entre fatos e interpretações simplesmente não existe. É uma bobagem.

Jornalismo não é ciência exata e jornalistas não são autômatos. Além disso, não se faz bom jornalismo sem emoção. A frieza não é humana e, portanto, é antijornalística. A neutralidade é uma mentira, mas a isenção é uma meta a ser perseguida. Todos os dias.

A imprensa honesta e desengajada tem um compromisso com a verdade. E é isso que conta.

Mas a busca da isenção enfrenta a sabotagem da manipulação deliberada, a falta de rigor e o excesso de declarações entre aspas.

O jornalista engajado é sempre um mau repórter. Militância e jornalismo não combinam. Trata-se de uma mescla talvez compreensível e legítima nos anos sombrios da ditadura, mas que, agora, tem a marca do atraso e o vestígio do sectarismo.

O militante não sabe que o importante é saber escutar. Esquece, ofuscado pela arrogância ideológica ou pela névoa do partidarismo, que as respostas são sempre mais importantes que as perguntas. A grande surpresa no jornalismo é descobrir que quase nunca uma história corresponde àquilo que imaginávamos.

O bom repórter é um curioso essencial, um profissional que é pago para se surpreender. Pode haver algo mais fascinante? O jornalista ético esquadrinha a realidade, o profissional preconceituoso constrói a história.

Todos os manuais de redação consagram a necessidade de ouvir os dois lados de um mesmo assunto. Trata-se de um esforço de isenção mínimo e incontornável. Mas alguns desvios transformam um princípio irretocável num jogo de cena.
Leia a íntegra em Jornalismo, âncora da democracia

Chip em aluno de escola pública do DF confere presença

Pais e responsáveis por alunos de uma escola pública em Samambaia, cidade a 40 quilômetros de Brasília, no Distrito Federal, são avisados da entrada e saída dos estudantes por meio de mensagens texto em seus telefones celulares. O projeto começou a funcionar na semana passada em uma turma de 42 alunos do primeiro ano do ensino médio. A Secretaria de Educação do Distrito Federal afirma que a ação é uma iniciativa da escola e ainda sequer foi comunicada oficialmente ao governo.
Chip é fixado no uniforme dos alunos e reconhecido por um sensor, ligado ao portão da escola - Valter Campanato/ABr
Chip é fixado no uniforme dos alunos e reconhecido por um sensor, ligado ao portão da escola

O sistema funciona com um chip fixado no uniforme dos alunos. Ao passar pelo portão da escola, onde há um sensor, é registrada a entrada e a saída, e os pais e responsáveis são avisados por mensagem de texto. A direção da escola também recebe a informação sobre a presença, mas o dado não tem sido utilizado como controle de frequência.

A intenção da escola é aumentar o tempo de permanência dos alunos em sala de aula e o modelo foi debatido com os pais antes da implantação. No próximo mês, a instituição pretende enviar um relatório à Secretaria de Educação sobre os resultados da experiência. Se aprovado, o sistema pode ser estendido no próximo ano para toda a escola, que tem 1,8 mil alunos.

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Justiça do Trabalho mantém sentença que garante os direitos dos aposentados e pensionistas da CAPAF

Foi julgado hoje (30) o recurso interposto pelo Banco da Amazônia e pela CAPAF contra a decisão da 8º Vara do TRT-8, que condenou o Banco da Amazônia a complementar mensalmente os valores faltantes para o pagamento dos benefícios de aposentados e pensionistas da CAPAF. O Tribunal manteve a decisão proferida na sentença da Juíza da 8ª Vara, bem como a liminar com pedido de antecipação dos efeitos da tutela.

Para o presidente da Associação dos Empregados do Banco da Amazônia - AEBA, Sílvio Kanner, a decisão representa grande vitória dos participantes e assistidos da CAPAF, que terão seus direitos e benefícios garantidos. Na sua avaliação, a decisão do TRT é um passo significativo para a solução da questão CAPAF de forma a garantir os direitos de todos. “Na decisão, os desembargadores rejeitaram todas as preliminares apresentadas no recurso do Banco e da CAPAF, inclusive a preliminar de abrangência territorial, na qual pleiteiam que os efeitos da medida sejam apenas para o Estado do Pará” – acrescenta.

Para Kanner, “tanto o Banco quanto a CAPAF estão atuando em duas linhas: envidam todos os esforços, com sua tropa de choque jurídica, para reformar as decisões que garantem os direitos dos participantes da CAPAF e ao mesmo tempo aterrorizam os participantes com a adoção de práticas de contra-informação e ameaças que as decisões judiciais vão cair , deixando-os sem a garantia de seus benefícios diante de uma hipotética retirada de seu próprio sustento, de vez que se trata de verba alimentar”.

O presidente da AEBA diz que as entidades aguardam que a CAPAF se pronuncie oficialmente sobre a quantidade de adesões aos planos saudados. Todavia – acrescenta – “ já temos informações de fontes seguras de que esse percentual não alcançou 50%. Está muito claro que os participantes da CAPAF estão sendo enrolados com prazos que nunca findam, com uma pressão que nunca acaba.”

“Agora mais do que nunca , diante de nova vitória, reafirmamos a todos os participantes e assistidos a posição de NÃO à migração e aos que migraram solicitamos que procurem a CAPAF para retirar seus termos de adesão. Com essa decisão, os benefícios estão garantidos pelo menos por mais dois anos, tempo mínimo previsto para novos recursos do BASA/CAPAF , desta feita em terceira instância, no TST, em Brasília, de vez que já foram vencidos em duas instâncias. Não temos dúvidas de que a JUSTIÇA prevalecerá sobre todas as práticas abusivas de ameaças e assédio moral sobre os aposentados e pensionistas da CAPAF" - conclui Sílvio Kanner.  (Fonte: Francisco Sidou, jornalista e capafeano)

MP atua contra transporte irregular em embarcações de Santarém

O Ministério Público de Santarém divulgou nesta terça-feira (30) uma recomendação relacionada ao transporte irregular de crianças e adolescentes nas embarcações de passageiros que fazem a linha fluvial entre a cidade de Santarém, localizada na região do Baixo Amazonas, e os demais municípios. A decisão foi tomada pela 15ª Promotoria de Justiça da Infância e Juventude, e enviada aos proprietários dos barcos e à Delegacia Fluvial do município.
A foto intitulada foi nomeada de 'Estacionamento de Manaus', onde barcos atracam, no Centro da capital (Foto: Thiago Poncio Bastos/VC no G1 ) 
MP afirma que transporte irregular favorece a
exploração sexual de crianças e adolescentes
nos rios do Pará.
O MP considera, dentre outras justificativas, que o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) estabelece multa àqueles que transportam crianças ou adolescentes desacompanhados dos pais ou responsáveis, sem expressa autorização judicial. E ainda que as práticas de abuso e exploração sexual infanto-juvenil possuem elevados índices na localidade, sendo o embarque e transporte irregular de crianças um dos fatores de favorecimento a essa prática.

De acordo com o Ministério Público, os proprietários de embarcações devem cumprir o que foi estabelecido no ECA e se absterem de transportar crianças e adolescentes desacompanhados de pais e responsáveis. É necessário ainda que procedam a identificação dos menores de idade que viajarem em suas embarcações, encaminhando mensalmente a listagem desses passageiros à Promotoria de Justiça da Infância e Juventude e ao Conselho Tutelar.

O MP também recomenda que sejam aficionados, no prazo de 15 dias, em local visível de grande circulação, cartazes informando ser proibida a hospedagem de crianças e adolescentes desacompanhados de seus pais ou responsáveis.

A Delegacia Fluvial foi incumbida de fiscalizar o cumprimento do estabelecido no ECA a fim de impedir o transporte ilícito e a consequente exploração sexual infanto-juvenil. Nesta operação, Polícia Militar e a Polícia Federal também devem auxiliar no combate à exploração infanto-juvenil em Santarém.  (G1Pa)

Mensalão: Mesmo condenado pelo STF, Genoino deve assumir cadeira na Câmara Federal

O prefeito eleito de São José dos Campos, Carlinhos Almeida (PT), dará lugar na Câmara dos Deputados a José Genoino – ex-presidente do PT condenado no último dia 9 pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por corrupção ativa e passiva durante o julgamento do mensalão.
Carlinos e Genoino (Foto: Arte/G1)
Carlinhos e Genoino
Segundo a liderança do PT na Câmara dos Deputados, Genoino é o segundo suplente mais votado da coligação do PT nas eleições de 2010. O primeiro suplente, Wanderlei Siraque, assumiu cadeira há um ano quando o deputado Aldo Rebelo (PCdoB) foi nomeado ministro do Esporte.

“A condenação [de Genoino] ainda não foi publicada pelo STF no Diário da Justiça. Por isso, ele ainda está apto”, afirmou ao G1, Marcos Braga, chefe de gabinete da liderança do PT na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF). "Se até lá a condenação for publicada é preciso ver a constituição para saber se ele poderá ou não assumir. Tem algumas coisas que o deputado pode ou não desde a diplomação ou desde a posse. Ele já foi diplomado, por isso ainda não se sabe o que vai acontecer caso a publicação da condenação ocorra até janeiro", disse Braga.

Plenário do Senado aprova Teori Zavascki para o STF

O Plenário do Senado aprovou o ministro Teori Zavascki (foto) para ocupar o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal. O nome de Zavascki, que hoje é ministro do Superior Tribunal de Justiça, foi aprovado por 57 votos a favor e quatro contrários nesta terça-feira (30/10).

Para tomar posse no Supremo, basta a publicação da nomeação no Diário Oficial, pela presidente da República Dilma Rousseff. O ministro havia sido aprovado na Comissão de Constituição e Justiça do Senado no dia 17 de outubro, com 18 votos favoráveis e uma abstenção.

Gente que brilha

 Aliny (esquerda)
ALINY MONIK PINHEIRO DO ROSÁRIO, representando o glorioso Clube do Remo, disputou recentemente na raia da USP - São Paulo, o Campeonato Brasileiro Aberto de Remo Senior e Paralímpico, promovido pela Confederação Brasileira de Remo, conquistando medalhas de prata e de bronze em modalidades diversas.
Quem repassou esta grata notícia e a foto, foi o Arthur Palmeira, leitor deste blog e remista da melhor qualidade. LEÃÃÃÃÃÃOOOO!!!!

Candidata ao Miss Bumbum é pivô do fim do casamento de Romário

Arquivo Pessoal
Tem nome e sobrenome o motivo para o fim do casamento de 12 anos de Romário e Isabella Bittencourt. A cearense Cibelle Ribeiro parece ter flechado o coração do baixinho. Apresentada ao ex-jogador pelo deputado Domingos Neto (PSB-CE) e mais dois amigos em comum, a jovem de 27 anos é sempre vista na noite trocando beijos apaixonados com Romário. Dia desses, ela chegou à boate Mirroir, na Lagoa, de mãos dadas com Romário. O casal também já curtiu a noite em boates como 021 e no show do Trio Ternura, na festa M.I.S.S.A. Em nenhum momento eles tentaram esconder a relação.
Arquivo Pessoal
Cibelle e Romário estão juntos há cerca de um mês e ela já tem a chave do flat onde o ex-jogador está morando. Mesmo quando ele está em Brasília, a jovem é vista entrando e saindo do apartamento. Cibelle trabalha como modelo e é representante do Ceará no concurso Miss Bumbum. Aliás, Romário (que já foi a Fortaleza com a moça) nunca se opôs à carreira dela.

Quanto ao fim do casamento de Romário e Isabella, amigos dizem que o desgaste da relação se deve ao fato de Isabella ter se convertido a uma igreja evangélica e, por conta disso, cobrar mais a presença da figura de um marido em casa. (O Dia Online)

Mais a petralhada grita, mais animado eu me sinto para a batalha da razão!

Por Reinaldo Azevedo em seu blog:
Já me referi aqui ao enxame de vespas assassinas que tentaram invadir o blog: “Aí, hein? E agora?” E agora o quê? Agora eu vou continuar a escrever. E, como se pode notar, em quantidade até superior ao que vinha fazendo porque eventos assim me estimulam. (...) Escrevo, sim, e escrevo com gosto, na contramão de certos consensos porque não tenho satisfações a prestar àqueles que se pretendem meus juízes, ora bolas! Tampouco me deixo patrulhar pelo sentimento de culpa que os petistas pretendem inculcar nos grandes veículos de comunicação, permanentemente acusados de ter preconceito contra o partido. Intimidados pelo clamor militante, alguns deles resolvem provar, então, que seus detratores estão errados, fazendo-lhes a vontade. Comigo, esse tipo de coisa não funciona porque não reconheço a legitimidade daquele tribunal — e os petralhas, até onde se sabe, não reconhecem a legitimidade do STF, não é mesmo? Eu faço o contrário: provo que eles estão errados atuando contra a sua vontade.

Piovani posa sem calcinha em capa de revista

Luana Piovani aparece usando apenas um sutiã e um casaco na revista "GQ" de novembro (veja aqui > Piovani posa sem calcinha  "Não sou barraqueira, e nem revoltada. Tenho bom senso", diz a atriz, logo na capa. A foto foi divulgada pelo Facebook da publicação.
De acordo com a coluna de Mônica Bergamo, publicada ontem (29), ela também comenta a relação com os usuários do Twitter. - "A pessoa me escreve dizendo: 'Como você está gorda!' Digo: 'Gorda, mas o seu namorado deve estar no banheiro com minha revista na mão'."

Passagem do Sandy pelos EUA e pelo Caribe

 
Fachada de prédio destruído no bairro de Chelsea, em Manhattan, Nova York.
Prestes a tocar o solo dos EUA, o furacão Sandy foi rebaixado a ciclone pós-tropical pela NOAA (Administração Nacional Atmosférica e Oceânica, na sigla em inglês). Os ventos, que chegaram a 150 km/h, estavam na noite de ontem (29) a 140 km/h. O fenômeno tocou terra firme por volta das 20h (22h do Brasil), ao sul da cidade de Atlantic City, em Nova Jersey.
Stan Honda.

Rua entre dois cassinos de Atlantic City alagada antes da chegada do furacão Sandy
Os preparativos atingem, ao todo, nove Estados (Nova York, Maryland, Pensilvânia, Virgínia, Connecticut, Nova Jersey, Massachussets, Delaware e Rhode Island), além do Distrito de Columbia, onde fica a capital, Washington. 
 
Família coloca sacos de areia para proteger casa da chegada do furacão Sandy em Rockaway Beach, bairro do Queens, em Nova York
Mais de 2,2 milhões de consumidores, em 11 Estados americanos, estão sem energia elétrica. Mais cedo, o presidente Barack Obama disse que o efeito era esperado e pediu paciência aos cidadãos, avisando que o problema poderia durar "vários dias".

Diversas cidades, inclusive Washington e Nova York, estão paralisadas, com as ruas inundadas e milhares de consumidores sem energia na costa leste dos EUA. Os sistemas de transporte público suspenderam as suas operações em várias cidades.

Mais de 13.700 voos foram cancelados em todo o país desde o dia 28. Os cancelamentos causaram reflexos no Brasil, onde 16 voos foram cancelados.

Em Manhattan, os ventos deixaram em posição precária um guindaste, pendurado em um edifício de 80 andares em construção, e a Bolsa de Valores de Nova York interrompeu suas operações pela primeira vez desde os atentados de 11 de setembro de 2001, antecipando que não deve retomar suas atividades antes de quarta-feira.

Centenas de milhares de pessoas foram deslocadas das áreas de maior risco, ante umas das piores tempestades da história recente dos EUA, conforme estimativas dos especialistas. Os milhares de americanos que permaneceram em suas casas correram aos supermercados para se abastecer de comida e água, segundo as recomendações das autoridades.

Mais cedo, o presidente Barack Obama foi à TV para advertir contra eventuais quedas de energia, e que a situação levaria dias antes de voltar ao normal. (Folha de S;Paulo)

Roberto Carlos e Michel Teló ensaiam dancinha para show de fim de ano

Michel Teló e Roberto Carlos
Roberto Carlos está animadíssimo com os primeiros ensaios com a turma que vai fazer participação especial em seu tradicional especial de fim de ano da TV Globo.  Na semana passada, a farra começou com Michel Teló, que foi convidado para cantar o hit novo, “É Nóis Fazê Parapapá”, ao lado de Roberto, com direito até à dancinha criada por Teló! Arlindo Cruz foi outro que passou pelo estúdio Amigo, na Urca, e, nesta semana, é a vez de Seu Jorge e As Empreguetes irem até Roberto para ensaiar os próximos passos. (Fonte: Glamurama)

"Pérola do Tapajós": Casal Cristovam e Ruth Sena

Casal CRISTOVAM e RUTH SENA

Neymar já tem um endereço para chamar de seu em Santa Catarina

Quase tudo pronto no novo apartamento de Neymar em Itapema, no litoral de Santa Catarina. Há um ano um o jogador comprou por lá apê de luxo de frente pro mar. Desembolsou R$ 1,1 milhão, mas só agora as reformas estão acabando. Só falta finalizar a instalação dos móveis planejados e a decoração. Quem tomou conta de tudo enquanto o craque estava em campo foi seu pai, Neymar da Silva.  (Fonte: Glamurama)

Ayres Britto tenta minimizar insultos de eleitores a Ricardo Lewandowski


O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Carlos Ayres Britto, minimizou ontem (29) a hostilidade sofrida pelo colega de tribunal, Ricardo Lewandowski, durante votação em São Paulo no dia 28. Revisor da Ação Penal 470, o processo do mensalão, Lewandowski foi abordado no colégio eleitoral em que vota por pessoas insatisfeitas com sua participação no julgamento. - “Conversei com o ministro ontem e hoje, e não está havendo predisposição coletiva para hostilizá-lo, o que é certo que não haja. Se a cada voto formos interpelados e insultados, não teremos mais condições psicológicas para trabalhar em paz”, disse o presidente, em rápida entrevista a jornalistas hoje.

Segundo relato de Lewandowski, os insultos partiram apenas de duas pessoas – uma eleitora e um mesário -, e o clima geral era de tranquilidade. “Não é verdade que o ministro passou por hostilidade coletiva. Se fosse algo mais encorpado, seria preocupante”, disse o presidente, lembrando que o desacato a autoridades públicas pode resultar em prisão. Ele ressaltou que o ministro não respondeu às ofensas, porque “foi votar como cidadão, com espírito desarmado”.

De acordo com Britto, o revisor tem agido na Ação Penal 470 de acordo com a autonomia conferida a todos os juízes, que sempre devem votar “com equidistância e desassombro, sem medo, sem receio de desagradar quem quer que seja”. Conforme o presidente, os juízes não estão imunes às críticas sobre a qualidade ou fundamentação dos votos. “Mas que não se descambe, a pretexto de crítica, para o desacato, para a ofensa pessoal, que isso infringe a ordem jurídica”.

Ayres Britto disse que não faz “associação automática” entre o relacionamento do relator Joaquim Barbosa e Lewandowski no plenário e o evento de ontem. Durante o julgamento, Barbosa e Lewandowski têm divergido em vários pontos, inclusive com discussões acaloradas. “Aí entra um ingrediente chamado temperamento. Cada um é como é, e no colegiado tem que ser administrado. A própria dinâmica do julgamento facilita aproximação de ministros. Hoje, não tem um ministro que não fale com o outro.”  (Ag.Brasil)

Ipespe assume erro (empate técnico entre Zenaldo e Edmilson) e auditará pesquisa eleitoral

O diretor de Planejamento e Atendimento do Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe), Maurício Garcia, lamentou ontem o que considerou um erro ainda inexplicável na segunda pesquisa de intenções de votos feita pelo órgão em Belém. Ele informou que será feita uma espécie de auditoria para identificar as causas da disparidade entre os números da pesquisa e o resultado das eleições na capital paraense.

O Ipespe foi o órgão contratado pelo DIÁRIO para fazer as sondagens na capital nas eleições municipais deste ano. Ao todo, foram cinco rodadas de pesquisas, sendo três no primeiro turno e duas no segundo. Na pesquisa publicada na edição de domingo, 28, o Ipespe apontava empate técnico entre o candidato do PSol, Edmilson Rodrigues e o candidato do PSDB, Zenaldo Coutinho, com pequena vantagem para Edmilson que aparecia com 51% das intenções de votos válidos contra 49% do tucano.

Finalizada a totalização das urnas, Zenaldo foi eleito com 56,61% dos votos e Edmilson teve 43,39% o que dá uma vantagem de 13,22% para o candidato do PSDB, fora da margem de erro da pesquisa que era de três pontos e meio para mais ou para menos. (Diário do Pará) 

Zenaldo terá maioria de vereadores na Câmara

Zenaldo terá maioria de vereadores na Câmara  (Foto: Cristino Martins/AG.PARÁ)
(Foto: Cristino Martins/AG.PARÁ)
O prefeito eleito de Belém, Zenaldo Coutinho, deve enfrentar céu de brigadeiro na Câmara de Vereadores e poderá aprovar sem dificuldades os projetos que achar necessário para cumprir as promessas de campanha. Pelos cálculos do próprio Zenaldo, a base aliada vai reunir 23 dos 35 vereadores, suficientes para garantir a maioria. A oposição, contudo, não será desprezível.

O principal foco da resistência deve se concentrar no PSol e PSTU, que juntos elegeram cinco vereadores. O papel da pequena e, imagina-se, barulhenta oposição poderá ser o de trazer à tona os problemas da administração e apontar críticas, o que pode ser positivo para a gestão, já que o prefeito precisará ficar alerta.

Além do PSol e PSTU, Zenaldo terá a oposição de PT e PC do B, que juntos elegeram cinco vereadores. Pelo perfil dos eleitos, contudo, a expectativa é de que nessas duas bancadas a oposição seja menos intensa, havendo possibilidade de negociações que podem resultar em apoios a projetos do prefeito. Uma incógnita é a posição dos três vereadores do PMDB, legenda que não declarou apoio no segundo turno.

APOIO
- Entre as legendas que declararam apoio a Zenaldo no segundo turno estão PRB, do pastor Raul Batista, o PP, de Vandick Lima, e o PPS, de Thiago Araújo, Eduarda Louchard e do professor Elias.

O PSDB, legenda do prefeito eleito, conquistou duas cadeiras na Câmara (Nemias Valentim e Paulo Queiroz). O PTB não anunciou apoios, mas seus vereadores - Paulo Bengston, Pio Netto e Victor Cunha - declararam apoiar Zenaldo.

O PR também se manteve em cima do muro na segunda fase da disputa, mas o vereador da legenda Luiz Pereira é dado como apoio garantindo ao governo.

O PSD, de Orlando Reis, é uma sublegenda do PSDB no Estado, logo considerado aliado de primeira hora do novo prefeito, e o PSB, que elegeu dois vereadores (Gleisson e Josias Higino), é o partido da vice-prefeita eleita, Karla Martins.

Curiosamente, o vereador Abel Loureiro do DEM não escondeu que seu candidato era Edmilson Rodrigues do PSol, mesmo sua legenda tendo optado por Zenaldo. Mas uma conversa com o democrata também não é impossível.  (Dol)

Proposta de sistema para pagar conta via celular está na Casa Civil

O governo mandará ao Congresso neste ano uma proposta para transformar o celular em uma "carteira eletrônica" de dinheiro. Mesmo sem conta em uma instituição financeira, o cidadão poderá pagar uma conta ou por um serviço apenas com uma mensagem de texto no celular. A medida foi anunciada nesta segunda-feira pelo ministro das Comunicações, Paulo Bernardo.

A proposta foi construída por ele e por técnicos do BC e está na Casa Civil que estuda se será enviada ao Congresso como medida provisória ou projeto de lei. O ministro afirmou que as operadoras de telefonia terão de manter contas individuais para seus clientes para evitar que o dinheiro seja usado em caso de dificuldade financeira da tele.

Segundo o ministro, isso deve incentivar a população a fazer mais transações eletrônicas do que com dinheiro vivo. Disse que o serviço deverá ser barato porque as empresas não lucrarão com tarifas, mas ganharão com o envio das mensagens de texto. Paulo Bernardo falou que com esse novo instrumento, o cidadão poderá pagar serviços como cabeleireiro ou táxi e evitará um custo extra para os empresários que não terão de pagar pelas máquinas de cartão de crédito para fazer as transações eletrônicas. O presidente do Sindbrasil, Eduardo Levy, informou que no país já são 259 milhões de celulares habilitados.

Mais de 20% dos eleitores de Belém precisam justificar ausência de voto

Exatos 202.015 eleitores não compareceram as urnas no segundo turno das eleições municipais 2012, em Belém. O número de abstenções chega a mais de 20% do total e esses eleitores têm o prazo de 60 dias para justificar a ausência em um cartório eleitoral. O prazo para justificar a ausência no primeiro turno também ainda está aberto. Quase 18% dos eleitores não compareceram no dia 7 de outubro.

De acordo com a Central de Atendimento ao Eleitor, o título de eleitor pode ser cancelado quando o eleitor fica sem votar em mais de três eleições consecutivas e não justifica essas ausências. O Plebiscito sobre a Divisão do Estado do Pará, realizado em dezembro de 2011, e cada turno das eleições contam como votações separadas.

A chefe de cartório eleitoral, Ingrid Reale, explica que os eleitores que têm o título cancelado sofrem restrições na vida pública.-"Isso traz reflexo no CPF, na impossibilidade de retirar passaporte e outros documentos e ainda de tomar posse em cargo público, após concurso, entre outras restrições", alerta. (G1Pa)

No blog do Giba Um:

Governaço
Analistas políticos de melhor memória estão lembrando que quatro incontidos críticos de Lula na época de explosão do mensalão e durante muito tempo depois, foram eleitos prefeitos: Eduardo Paes, no Rio, Gustavo Fruet (Curitiba), Arthur Virgilio (Manaus) e ACM Neto (Salvador). Paes era tucano, homem de ligação com José Serra e depois, bandeou-se para o PMDB levado por Sérgio Cabral. Fruet é do PDT, foi apoiado pelos ministros petistas Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo e o grande derrotado em Curitiba é o governador Beto Richa. ACM Neto, do alto de seu 1,69m e por isso, ironizado por Lula e Dilma (ela disse que o eleitor de lá não poderia votar em quem ia “fazer um governinho”), descontou: “Vamos fazer um governaço”.
Não deu
No segundo turno, para ter o apoio do PDT a Fernando Haddad, Lula gravou vídeo de apoio à reeleição do prefeito de Macapá, Roberto Góes, preso pela Operação Mãos Limpas, dois anos atrás. Em outro vídeo, gravado em 2010, divulgado pelos adversários de Góes, Lula apareceu apoiando a prisão do prefeito: “Quando tem roubo, a gente pega. Vocês viram o que aconteceu no Amapá”. Foi um tiro no pé: Macapá elegeu o vereador Clécio Luis, primeiro prefeito do Psol numa capital.
Nua, de novo
Há poucos meses, fotos domésticas de Carolina Dieckmann, a Jessica da novela Salve Jorge, de Gloria Perez, inundaram a internet e a atriz até tentou, sem sucesso, via processo contra o Google, retirá-las do ar. O advogado de Carolina era Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, o mesmo de José Dirceu, que até não iria cobrar nada. Agora, no segundo capítulo de Salve Jorge, Carolina exibiu os seios nus na maior e claro, reproduções da cena (em fotos e vídeos) inundaram, mais uma vez, a internet. Desta vez, sem direito a reclamações.
Aroma oficial
Representantes do gay people sempre encontraram formulas especiais para serem identificados numa festa mais comportada ou numa balada caliente. Há poucos anos, quem queria avisar que era desse bloco, usava um lenço no bolso de trás da calça, com um pedaço de fora (havia até códigos, dependendo da cor do lenço). Agora – quem diria – os rapazes coloridos elegeram um veteraníssimo perfume como novo predileto. É o Je Reviens, lançando em 1932, grande moda entre as mulheres nos anos 50 e parte dos 60 no Brasil. A perfumaria do criador, Charles Frederick Worth, tem 150 anos de existência na Inglaterra. No Brasil, não é fácil de se encontrar e custa R$ 170.
Deste blog
Veja > Carolina Dieckmann mostra seios na novela Salve Jorge

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Clonando Pensamento: ´Choque de gestão`, promete Zenaldo

"As maiores angústias da população se concentram na saúde, segurança e saneamento. A partir de janeiro, vou iniciar o plano de atenção básica e prevenção na saúde, com o programa Saúde da Família. Temos que botar para funcionar o que já existe. Os postos terão médicos e remédios"  (Zenaldo Coutinho, ontem, após concretizada a sua vitória para governar Belém)

Movimento conscientiza mulheres de Belém sobre doenças femininas


Amigas do Peito incentivam prevenção do câncer de mama (Foto: Reprodução EPTV) 
Evento incentiva a prevenção do câncer de mama.
A Universidade do Estado do Pará (Uepa) realiza amanhã, terça-feira (30), o “Outubro Rosa’’, movimento internacional de conscientização e prevenção do câncer de mama. O evento tem como objetivo divulgar as formas de tratamento para a doença e ensinar as mulheres a diagnosticar, além do câncer de mama, o câncer do colo de útero as doenças sexualmente transmissíveis. Na ocasião, médicos e alunos de medicina da instituição vão ministrar palestras sobre o assunto.

A coordenadora do Centro de Saúde Escola (CSE) da Uepa, Fátima Carrera, afirma que o evento conscientizará as mulheres da importância de cuidar da saúde. “É um alerta para as mulheres fazerem a prevenção do câncer. Quanto mais precoce o diagnóstico da doença, melhor o resultado. Vamos colocar a população ciente. Ensiná-las como elas mesmas vão realizar o toque’’, explica.

Segundo a Uepa, 100 fichas de exames preventivos serão distribuídas para atendimento as mulheres. As consultas ocorrerão durante toda a terça-feira.

Serviço: “Outubro Rosa’’ acontece amanhã (30), das 8h30 às 18h, no CSE da Uepa, que está localizado na avenida Romulo Maiorana, n° 2558, em Belém.  (G1)

Parceria: Vicente e Zenaldo

O Desembargador do Trabalho Vicente Malheiros compôs o “Hino do Instituto Helena Coutinho” e é parceiro de Zenaldo Coutinho, eleito Prefeito Municipal de Belém, na composição do samba “Na Casa de Dona Helena”, obras musicais compostas em 2011.

Confira as letras dessas músicas:
HINO DO INSTITUTO HELENA COUTINHO
(Hino-marcha)
Música e letra: Vicente José Malheiros da Fonseca
(Belém-PA, 29.08.2011)

I
Nossa voz já anuncia
O trabalho que tecemos com ardor
Se cantamos com alegria
É porque fazemos tudo com amor.

II
O Instituto realiza
Seu serviço social
Nossa causa é tão nobre
Faz nosso canto triunfal!

Estribilho
O Instituto “Helena Coutinho”
Sempre busca fazer do melhor
Nosso lema é seguir no caminho
Que traduz bem a nossa missão.

O ideal é servir com denodo
Ver no rosto do nosso irmão
A ventura de ter uma vida
Tão feliz que mereça ser um bom cidadão.

(Repetição)
I
Nossa voz já anuncia
O trabalho que tecemos com ardor
Se cantamos com alegria
É porque fazemos tudo com amor.

II
O Instituto realiza
Seu serviço social
Nossa causa é tão nobre
Faz nosso canto triunfal!

Estribilho
O Instituto “Helena Coutinho”
Sempre busca fazer muito mais
Neste canto de tanto carinho
Construímos o exemplo do amor e da paz!

NA CASA DE DONA HELENA
(Samba)
Letra: Zenaldo Coutinho (Belém-PA, 1º.09.2011)
Música: Vicente Fonseca (Belém-PA, 02.09.2011)

Aqui se escreve poesia
Transformando vidas
Dia após dia.

Todos temos a crença
Num futuro de vitória
Faremos a diferença.

Nesta casa somos irmãos
Preto, mulato ou branco
Sem discriminação
(Sem discriminação) .

Nosso lema é saber
E em suas asas voar
Força para vencer
De Dona Helena a memória
De nós o trabalho presente
Ao porvir fazendo história
(De nós o trabalho presente
Ao porvir fazendo história) .

Missa para Chabel

Será amanhã (30), às 20h30, na Paróquia São José (Rua Domingos Marreiros, 104 - Umarizal) a celebração da missa de sétimo dia da morte de CHABEL HAGE SAADE.

Propostas do prefeito eleito de Belém

Ontem (28), militantes do PSDB se concentraram na Avenida Visconde de Souza Franco para a festa da vitória de Zenaldo Coutinho
Zenaldo ao lado do governador Simão Jatene. Os dois prometem parceria e unidade para governar Belém.
Confira as principais propostas de Zenaldo Coutinho.
Heloá Canali e Danielle Zuquim (Portal ORM)
Fotos: Heloá Canali (Portal ORM)


Edmilson agradece votos e deseja boa administração ao novo prefeito

Na noite de ontem domingo (28), após o resultado final do segundo turno das Eleições municipais, o candidato Edmilson Rodrigues, do PSOL, esteve em seu comitê e agradeceu os mais de 300 mil votos recebidos pela Frente formada pelo PSOL, PC do B e PSTU, mais o apoio do PT, PPL, PDT, PTN e PRTB. 
O candidato do PSOL destacou também que é hora da soberania popular ser respeitada, mas advertiu que o povo e a bancada eleita na Câmara serão soberanos também para cobrar as mudanças prometidas pelo prefeito eleito. 'É claro que tivemos uma grande vitória política. São pessoas que acreditam na mudança expressa no nosso programa, que iria, realmente, revolucionar Belém', destacou.

Edmilson observou que parte da população viu no candidato eleito a possibilidade de mudança. O importante agora, na avaliação dele, é que todos estejam também atentos para o cumprimento das promessas. 'Vamos estar vigilantes. O povo tem que estar vigilante', alertou.

'Tivemos uma vitória eleitoral importante porque conseguimos uma bancada eleita de 10 vereadores, mais os aliados. Esses representantes do povo vão ser fundamentais para cobrar que o programa apresentado seja cumprido', disse. Edmilson concluiu seu pronunciamento dizendo que deseja uma 'boa administração ao novo prefeito eleito e sorte ao povo'. (Portal Orm)

Lei seca é desrespeitada em Belém

Ontem (28), sem temer a prometida fiscalização da polícia para impedir a venda e o consumo de bebidas alcoólicas em decorrência da Lei Seca, a movimentação em bares, principalmente na periferia de Belém, foi grande. É uma prova de que a polícia está sem credibilidade para fazer cumprir as leis, razão pela qual a onda de violência continua cada vez maior, assustando a população da capital paraense. (Fotos: Portal Orm)
No jornal O Liberal, edição desta segunda-feira:
A Polícia Civil não fez nenhuma prisão por desrespeito à "Lei Seca" durante a eleição realizada ontem. Segundo a assessoria de comunicação da corporação, ocorreram algumas deúncias checadas diretamente nos estabelecimentos e, quando constatadas, os donos dos bares eram somente orientados a cessar a comercialização de bebidas alcoólicas.

Clonando Pensamento: Bissexualidade

Ana Carolina
“É uma coisa estranha que acontece comigo, de vez em quando. Tem épocas que algo me acende para os homens e outras que me acende mais para as mulheres, mas de maneiras únicas”. (Ana Carolina, cantora, sobre sua bissexualidade - revista IstoÉ Gente)

Tesoureiro do PT estima dívida da campanha de Haddad em R$ 20 milhões

Folha de São Paulo:
Apesar do corte de gastos na reta final, a campanha de Fernando Haddad deixará uma dívida estimada em R$ 20 milhões e terá de pedir novas doações para reduzir o rombo depois da eleição.

A estimativa é do tesoureiro do comitê petista, o vereador Chico Macena (PT). Como consequência da falta de dinheiro, ele diz que as despesas ficaram aquém do previsto e devem ser fechadas em cerca de R$ 50 milhões.

O PT informou à Justiça Eleitoral que previa gastar até R$ 90 milhões. "A arrecadação ficou muito abaixo do esperado", diz Macena. "Ainda vamos consolidar a dívida, mas estou estimando o seu valor em R$ 20 milhões."

No primeiro turno, o presidente estadual do PT, Edinho Silva, disse que o julgamento do mensalão assustou empresários e reduziu o volume de doações. Macena afirma que a liderança folgada nas pesquisas permitiu cortar gastos no segundo turno.

A maior despesa foi com propaganda. A equipe do marqueteiro João Santana levou R$ 30 milhões, sendo R$ 10 milhões só no 2º turno.

Para tentar sair do vermelho, os petistas terão até o fim de novembro para pedir novas doações. A ideia é procurar as mesmas empresas que doaram no primeiro turno.

Segundo Macena, já está prevista a entrada de cerca de R$ 5 milhões. Entre as contribuições declaradas, as maiores foram das empreiteiras OAS (R$ 1,95 milhão) e UTC (R$ 1 milhão) e do grupo do Banco Safra (R$ 1 milhão).

Clonando Pensamento: PT caiu, mas pode se levantar

 Mensalão: o STF fez um julgamento ético e com isenção?
"Quem caiu, sempre pode se levantar e recomeçar. É o que cobramos do PT, sem o que perde credibilidade e dificilmente pode mais se apresentar como alternativa a um tipo de política que incorpora em seus hábitos a corrupção e o uso indevido do poder público para garantir vitórias. Criou-se um vazio que clama por ser preenchido, pelo PT reconvertido ou por outros atores e partidos que levantem a bandeira da ética e orientem suas práticas políticas por princípios e valores éticos. Nisso nossa esperança não desfalece." (Leonardo Boff, sobre o julgamento do ´mensalão`)

Artilharia pesada contra o calote em condomínio

Por Márcio Rachkorsky, advogado, especialista em condomínios - Folha de S.Paulo.
Pagar condomínio é, literalmente, participar da "vaquinha" para custear as despesas do mês. A inadimplência é um fantasma nos condomínios do país e vem crescendo nos últimos anos, o que preocupa síndicos e administradores.

Até o ano de 2002, os condomínios eram regidos pela Lei 4.591/64, que estabelecia multa de até 20% para o proprietário que atrasasse o pagamento do boleto. Em 2003, com o novo Código Civil, a multa caiu para 2%. Um verdadeiro retrocesso, claro incentivo para o mau pagador. Com os juros do cheque especial e do cartão de crédito nas alturas, atrasar condomínio virou um hábito cômodo e egoísta, que onera o vizinho bom pagador.

Nem todo inadimplente é um picareta. Há casos de moradores que sempre pagaram em dia e que passam por um momento delicado. Mas quem nunca ouviu falar de alguém que troca de carro, janta em restaurantes caros e deve uma fortuna de condomínio? Para eles, o rigor da lei!

Os fóruns estão abarrotados de ações judiciais que se arrastam por anos e anos, revoltando os vizinhos e impactando diretamente na previsão orçamentária anual.

Apesar de branda, a legislação oferece ferramentas para o combate à inadimplência. O primeiro passo é uma cobrança ágil, coordenada pela administradora e pelo departamento jurídico para não deixar a dívida crescer. Se não surtir efeito, cabe a ação judicial de cobrança, que permite a penhora e o leilão do imóvel.

Em São Paulo, desde 2008, os síndicos contam com um recurso efetivo no combate à inadimplência: o protesto em cartório. Ele é rápido, seguro, efetivo e sem custo para o condomínio. O protesto fará com que o CPF do devedor seja inscrito nos órgãos de proteção ao crédito.

Outra medida de extremo rigor, artilharia pesada contra a inadimplência, é o corte no fornecimento de água. Trata-se de uma iniciativa dura que vem crescendo nos condomínios. Há decisões judiciais favoráveis a ela, desde que adotados procedimentos, como aprovação em assembleia geral. Alguns juristas, porém, consideram um excesso.

Na cobrança das dívidas, os parâmetros são: multa de 2%, juros de 1% ao mês, correção monetária pelo índice oficial do Tribunal de Justiça e honorários advocatícios limitados a 20%. Celebrar um bom acordo para o pagamento da dívida é o melhor para evitar processos judiciais e, para o caixa do condomínio, ainda vale a máxima de que "é melhor pingar do que secar".

domingo, 28 de outubro de 2012

Zenaldo Coutinho é eleito prefeito de Belém

O candidato Zenaldo Coutinho (PSDB) foi eleito prefeito de Belém neste domingo (28) com 438.435 votos, o que corresponde a 56,61% dos votos válidos. Edmilson Rodrigues (PSOL) ficou em segundo, com 336.059 votos, equivalente a 43,39% dos votos. O resultado foi confirmado pelo TSE às 19h do horário local.
No primeiro turno, Zenaldo havia ficado em segundo nas urnas, com 30,67% dos votos válidos, contra 32,58% de Edmilson, que venceu as eleições do dia 7 por menos de quinze mil votos.

Após a confirmação do resultado, Zenaldo falou com a imprensa no Hangar Centro de Convenções, onde é realizada a totalização do resultado das eleições em Belém. "As maiores angústias da população se concentram na saúde, segurança e saneamento. A partir de janeiro, vou iniciar o plano de atenção básica e prevenção na saúde, com o programa Saúde da Família. Temos que botar para funcionar o que já existe. Os postos terão médicos e remédios", prometeu.

Propostas - Dentro do que considera as prioridades emergenciais da gestão pública, Zenaldo prometeu a construção de um pronto-socorro municipal em Icoaraci, aumentar a cobertura do programa Saúde da Família, criar um pronto-socorro municipal infantil e um centro de diagnóstico pediátrico, além de qualificar os profissionais da saúde do município.
Com relação ao saneamento, o candidato se comprometeu a realizar a manutenção dos canais do Una, da Visconde de Souza Franco, do Reduto e da Tamandaré, além de continuar as obras de macrodrenagem na Estrada Nova e retomar as obras do Canala do Paracuri.
Para segurança pública, Zenaldo disse que irá implementar um sistema de monitoramento eletrônico em pontos-chave da cidade, aumentando também o efetivo da Guarda Municipal.

Veja o resultado da apuração
Votos apurados: 807.741
Votos válidos: 774.494
Zenaldo Coutinho: 438.435 (56,61%)
Edmilson Rodrigues: 336.059 (43,39%)
Brancos: 12.595 (1,56%)
Nulos: 20.652 (2,56%)
Abstenções 202.015 (20,01%)

Charge do Ykenga

Clonando Pensamento

"Não se apegue apenas às promessas do candidato; pergunte-se o que exigirá do seu representante. Deposite na urna o sonho da cidade na qual você quer viver. O seu voto é esse sonho começando a se tornar possível. (...) Segundo turno não é a segunda chance: cada voto é chance única de escolha. Por isso você, que decidiu ser esta a hora para eleger o Prefeito e o Vice-Prefeito do seu município, faça valer o que você quer, lembrando-se de que você está afirmando o seu presente e construindo também o futuro." (Ministra Cármen Lúcia, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

PSDB vira o jogo no segundo turno e afasta PSOL da Prefeitura de Belém


 
Zenaldo Coutinho (PSDB) lidera a disputa com 57% dos votos válidos
Após as três semanas de campanha neste segundo turno, Belém chega às urnas neste domingo com um cenário inverso ao resultado do primeiro turno da capital: o candidato do PSOL, Edmilson Rodrigues, perdeu a vantagem que teve durante toda a primeira etapa da disputa e agora é o segundo colocado. De acordo com a última pesquisa Ibope divulgada na capital paraense, o deputado federal Zenaldo Coutinho (PSDB) lidera a disputa com 57% dos votos válidos, contra 43% de Edmilson Rodrigues (PSOL). No primeiro turno, Edmilson teve 32,58% dos votos válidos e Zenaldo, 30,67%.
Em agosto, Edmilson, que foi prefeito de Belém entre 1997 e 2004, ainda quando era filiado ao PT, chegou a 31 pontos de vantagem em relação ao segundo colocado, o deputado federal José Priante (PMDB), conforme apontou a pesquisa Ibope na época. 

No segundo turno, o PSOL enfrentou críticas de militantes do próprio partido e perdeu aliados como o PSTU, partido com o qual estava coligado durante a primeira etapa, após aceitar o apoio do PT. Na última semana da campanha, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva gravou depoimento em apoio a Rodrigues para o programa eleitoral do candidato.

Além de Belém, o PSDB, principal partido de oposição do governo federal, disputa no segundo turno o comando de outras 15 prefeituras – seis capitais e nove municípios. Para os tucanos, estão em jogo Vitória, São Luis, Teresina, João Pessoa, Manaus, São Paulo e Rio Branco. O partido já elegeu 692 prefeitos no primeiro turno, ou 12,55% do total de municípios brasileiros.  (Fonte: IG)
Edmilson Rodrigues (PSOL) tem 43%

Pesquisas publicadas nos jornais de Belém

Em O Liberal - edição deste domingo (28):
VOX POPULI - Zenaldo 60% - Edmilson 40% - dados colhidos em 23 e 24 de outubro.
IBOPE - Zenaldo 57% - Edmilson 43% - dados colhidos entre os dias 24 e 26 de outubro
No Diário do Pará - edição deste domingo (28):
Pesquisa efetuada pelo Ipespe (Instítuto de Pesquisas Sociais Políticas e Econômicas) entre os dias 24 e 26 de outubro:
Edmilson 51% e Zenaldo 49% - resultado considerado empate técnico.