Fale com este blog

E-mail: ercio.remista@hotmail.com
Celular: (91) 8136-7941
Para ler postagens mais antigas, escolha e clique em um dos marcadores relacionados ao lado direito desta página. Exemplo: clique em Santarém e aparecerão todas as postagens referentes à terra querida. Para fazer comentários, eis o modo mais fácil: no rodapé da postagem clique em "comentários". Na caixinha "Comentar como" escolha uma das opções. Escreva o seu comentário e clique em "Postar comentário".

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Tite assume posto de segundo técnico de seleção mais bem pago do mundo

O momento de Tite parece realmente ser bastante favorável. Vindo de duas vitórias seguidas nas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo da Rússia 2018, o técnico do Brasil assumiu o posto de segundo mais bem pago do mundo entre os comandantes de seleção. A informação é do jornal britânico Daily Mail.

Ex-Corinthians, Tite subiu uma posição depois que Sam Allardyce foi demitido pela Federação Inglesa. O treinador britânico foi flagrado tentando negociar um acordo ilegal no valor de 400 milhões de libras com supostos empresários para representar uma empresa de investidores asiática.

Segundo o Daily Mail, Tite recebe atualmente R$ 10,4 milhões por ano da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), o que corresponderia a um salário de R$ 875 mil por mês. A lista dos dez mais bem pagos ainda traz os nomes de Joachim Low, da Alemanha, Jurgen Klinsmann, dos Estados Unidos, Didier Deschamps, da França, e Jose Pekerman, da Colômbia.

Confira quanto os técnicos de seleção mais bem pagos do mundo ganham por ano:
1. Fatih Terim (Turquia - R$ 11,3 milhões)
2. Tite (Brasil - R$ 10,4 milhões)
3. Joachim Low (Alemanha - R$ 9 milhões)
4. Jurgen Klinsmann (Estados Unidos - R$ 8,4 milhões)
5. Carlos Queiroz (Irã - R$ 6,7 milhões)
6. Didier Deschamps (França - R$ 5,4 milhões)
7. Jose Pekerman (Colômbia - R$ 5,2 milhões)
8. Giampiero Ventura (Itália - R$ 4,8 milhões)
9. Fernando Santos (Portugal - R$ 4 milhões)
Demitido: Sam Allardyce (Inglaterra - R$ 12,6 milhões)

Nenhum comentário:

Postar um comentário