Fale com este blog

E-mail: ercio.remista@hotmail.com
Celular: (91) 8136-7941
Para ler postagens mais antigas, escolha e clique em um dos marcadores relacionados ao lado direito desta página. Exemplo: clique em Santarém e aparecerão todas as postagens referentes à terra querida. Para fazer comentários, eis o modo mais fácil: no rodapé da postagem clique em "comentários". Na caixinha "Comentar como" escolha uma das opções. Escreva o seu comentário e clique em "Postar comentário".

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Estilo da família de Donald Trump levará mais 'flashes' à Casa Branca

 NEW YORK, NY - NOVEMBER 09: Republican president-elect Donald Trump (L) acknowledges the crowd along with his family during his election night event at the New York Hilton Midtown in the early morning hours of November 9, 2016 in New York City. Donald Trump defeated Democratic presidential nominee Hillary Clinton to become the 45th president of the United States. Mark Wilson/Getty Images/AFP == FOR NEWSPAPERS, INTERNET, TELCOS & TELEVISION USE ONLY == 
Trump; o caçula, Barron; Melania; as filhas Ivanka e Tiffany; à dir, os filhos Donald Jr. e Eric
Famílias de presidentes e chefes de Estado são tão supervisionadas pelo povo quanto o mandatário. Os americanos, portanto, devem espiar os novos moradores da Casa Branca com a mesma fome que dissecaram as vidas de Sasha, Malia e Michelle, as "meninas de Obama", como os tabloides chamavam, respectivamente, as filhas e a mulher do presidente.

Mas o novo álbum dos "paparazzi" será, no mínimo, mais animado do que a simples foto de Malia supostamente fumando maconha, "escândalo" familiar noticiado em agosto. É que as duas filhas, os três filhos, a mulher, as duas ex-mulheres e até os cunhados de Trump são bem mais chegados aos "flashes".

Melania, 46, faz parte do seleto grupo de primeiras-damas que já posaram seminuas, foram modelos e, de tempos em tempos, assistem a desfiles de moda ou desfilam em convescotes sociais.

A francesa Carla Bruni, a brasileira Marcela Temer e a mexicana Angélica Rivera são exemplos do "primeiro-damismo" sexy e ocidental fundado no início deste século.

Mais famosa do clã Trump, Ivanka, 35, é fruto do relacionamento do pai com sua primeira mulher, a ex-modelo Ivana Trump, 67, e acompanha a madrasta nos eventos. Estilista e, como a mãe, manequim de passarela aposentada, tem uma "coleção inteligente de silhuetas chiques e detalhes espertos", como diz a mensagem publicada pela multimarca Nordstrom.

Na loja virtual, 103 itens, vendidos por cerca de R$ 350 cada, revelam os estilos romântico descolado, corporativo e "Coachella" -aquele largado com franjas, típico dos festivais de rock americanos-, pelos quais Ivanka gostaria de ser associada.

A realidade, haja vista os tons neutros e a silhueta justa que trajou na campanha do pai, é mais conservadora do que aparentam as roupas anunciadas pela rede.

Em toda família midiática há pelo menos uma pessoa que aspira à fama nos palcos. Na de Trump, o protótipo de "popstar" é Tiffany, 23, filha mais nova do rápido casamento que teve com a atriz Marla Maples, 53.

A garota, que faz o estilo "rainha do baile" de comédia americana besteirol, chegou a gravar uma música em 2011. O primeiro e único single da carreira relâmpago, "Like a Bird", teve mais de 600 mil visualizações no YouTube.

"Você é uma gracinha e está me tuitando, baby você vai beep, beep, beep!", canta Tiffany, auxiliada por sintetizadores e batidas eletrônicas. Britney Spears, ao que parece, é a referência mais óbvia.

TAL PAI, TAIS FILHOS
Todos os homens do presidente foram criados à sua própria imagem. Donald Trump Jr., 38, é o mais velho e trabalha como vice-presidente das Organizações Trump. O gosto por ex-modelos medianas ele herdou do pai. É casado com a socialite Vanessa Haydon, da mesma idade, com quem teve cinco filhos.

Fã de caça esportiva e ternos italianos, mesmo "look" do pai, foi a público defender as propostas do patriarca sobre a crise migratória.

"Se você tem uma tigela de Skittles [doces coloridos comuns nos EUA] e eu te dissesse que apenas três te matariam. Você pegaria um punhado? Aí está nosso problema com os refugiados sírios".

O mesmo perfil tem Eric, 32, filho caçula do casamento de Trump com Ivana. Ao lado do irmão, Donald, coleciona cabeças de animais caçados pelo mundo.

Assim como todos os membros da família, tem cargo de liderança na empresa do pai. O único ponto que o diferencia dos parentes é a relação com a moda. Não foi modelo nem é casado com uma. Há dois anos casou com uma namorada de longa data, a ex-personal trainer e, hoje, produtora da rede de TV CBS Lara Yunaska, 32.

'LITLLE DONALD' Único filho fora do "business" do pai -por causa da pouca idade-, Barron Trump, 10, é chamado de "Little Donald" pela família.

Há motivos para tal apelido. Apesar de ser jovem, o garoto usa costumes bem cortados e é visto com alguma frequência jogando golfe ao lado do "Big Donald".

"Ele quer ser igual ao papai: um homem de negócios e um jogador de golfe", disse Melania sobre o filho único.

Durante o discurso de vitória de Trump, a internet não sabia se prestava mais atenção às palavras do novo presidente ou à atenção dada por Barron às palavras do pai. De terno preto e gravata branca, o menino até tentou, mas não segurou o sono e bocejou várias vezes, ao vivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário