Fale com este blog

E-mail: ercio.remista@hotmail.com
Celular: (91) 8136-7941
Para ler postagens mais antigas, escolha e clique em um dos marcadores relacionados ao lado direito desta página. Exemplo: clique em Santarém e aparecerão todas as postagens referentes à terra querida. Para fazer comentários, eis o modo mais fácil: no rodapé da postagem clique em "comentários". Na caixinha "Comentar como" escolha uma das opções. Escreva o seu comentário e clique em "Postar comentário".

sexta-feira, 14 de abril de 2017

De jararaca a crocodilo

Por Eliane Cantanhêde - Estadão
O ex-presidente Lula tem razão ao dizer que “cai a máscara” de todo o mundo político, porque tudo é realmente esclarecedor, além de estarrecedor, nas delações da cúpula da Odebrecht. Mas que adjetivo usar para a “conta Amigo” da Odebrecht? Era uma saco sem fundo, um cartão pré-pago em favor de Lula e gerenciado pelo ex-ministro Antonio Palocci.

Na versão de Marcelo Odebrecht, tanto para o juiz Sérgio Moro quanto para os procuradores, eram R$ 40 milhões à disposição de Palocci, o “Itália” das planilhas, que enviava emissários com sacolas para sacar R$ 1 milhão, R$ 2 milhões, R$ 3 milhões – em espécie!

Mesmo quando entravam em campo ministros como Guido Mantega e Paulo Bernardo, quem dizia “sim” a operações, negociatas, pagamentos e saques era Palocci. Está claro que ele agia como tesoureiro pessoal de Lula.

2 comentários:

  1. É um concluio de perversos!Psicopata quer o gozo e pronto! Perverso tem paixão, seu gozo não tem fim! O gozo lulesco é o poder, o cinismo, a enganação é a massa hipnotizada, encantada, até com seu cinismo!

    ResponderExcluir
  2. SÓ QUE NEM ELA E NEM NINGUÉM VIU QUE AMIGO NÃO ERA LULA.O “AMIGO” NÃO É LULA, É O ENGENHEIRO ANTÔNIO REBOUÇAS SAMPAIO: É o que mostra documento vazado
    Como a internet não perdoa, documentos vazados ainda em 2016 foram resgatados pelos internautas e neles o apelido “AMIGO” era atribuído ao engenheiro Antônio Rebouças Sampaio, amigo de Marcelo Odebrecht, ligado a ACM Neto e a obras na Usina de Hidroelétrica de Pedra do Cavalo. Mesmo que prossigam com as investigações e assumam a delação como verdadeira, o único documento que veio a público, diz o contrário. Eis uma prova física, contra uma delação premiada, que juridicamente não é uma prova.SE VOCÊ É ASSINANTE DA FOLHA PASSE PARA LILI CHEIROSA - http://www.apostagem.com.br/2017/04/12/documento-mostra-que-o-amigo-nao-e-lula-documento-vazado-liga-o-codinome-a-antonio-reboucas/

    ResponderExcluir