Fale com este blog

E-mail: ercio.remista@hotmail.com
Celular: (91) 8136-7941
Para ler postagens mais antigas, escolha e clique em um dos marcadores relacionados ao lado direito desta página. Exemplo: clique em Santarém e aparecerão todas as postagens referentes à terra querida. Para fazer comentários, eis o modo mais fácil: no rodapé da postagem clique em "comentários". Na caixinha "Comentar como" escolha uma das opções. Escreva o seu comentário e clique em "Postar comentário".

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Pobres têm a ganhar com reforma

Conhecedor como poucos do trabalhismo, o professor José Pastore resume a barulheira sobre a reforma trabalhista. “O que vemos é que os pobres constituem maioria dos desempregados e desprotegidos pela lei”. Do outro lado, os mais abonados, registram “2% ou 3% do desemprego”.

O primeiro grupo tem a ganhar com a reforma, mas é disperso – constitui uma maioria silenciosa. O segundo teria muito a perder e atua intensamente nos sindicatos, nos partidos e em setores do Judiciário. E faz barulho.

Pastore lembrou que a oposição vem distorcendo o debate. Exemplo? Quando alega que pela nova lei as mulheres serão obrigadas a trabalhar em lugares insalubres. O texto diz que é proibido contratar gestantes para trabalhar em lugares perigosos para seu estado. “É uma norma de proteção para elas.”
Fonte: Estadão

Nenhum comentário:

Postar um comentário