Fale com este blog

E-mail: ercio.remista@hotmail.com
Celular: (91) 8136-7941
Para ler postagens mais antigas, escolha e clique em um dos marcadores relacionados ao lado direito desta página. Exemplo: clique em Santarém e aparecerão todas as postagens referentes à terra querida. Para fazer comentários, eis o modo mais fácil: no rodapé da postagem clique em "comentários". Na caixinha "Comentar como" escolha uma das opções. Escreva o seu comentário e clique em "Postar comentário".

domingo, 16 de julho de 2017

Protesto durante casamento de filha de ministro da Saúde



Ontem (15), cerca de 200 manifestantes fizeram um protesto em frente à Igreja do Rosário, no Centro de Curitiba, onde acontecia o casamento da deputada estadual Maria Victoria (PP), filha da vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti e do ministro da saúde Ricardo Barros.

Os manifestantes gritavam palavras de ordem, como "Golpista", "Fora, Temer" e "Fora, Richa", e também atiraram ovos na noiva. Ao todo, foram cerca de quatro horas de mobilização contrária às reformas trabalhista e da Previdência e ao governo Beto Richa. Os convidados do casamento também foram vaiados. Os seguranças particulares do evento usaram guarda-chuvas para evitar que ovos e outros objetos jogados pelos manifestantes atingissem os convidados.

A notícia do casamento ganhou repercussão por causa dos preparativos da festa, marcada para o Palácio Garibaldi. O local teria recebido uma estrutura metálica que teria começado a ser feita sem autorização dos órgãos de controle, já que o prédio é tombado pelo Patrimônio Histórico do Paraná.

A Polícia Militar estava presente, com 14 viaturas, acompanhando o protesto. A assessoria da PM informou que a presença dos policiais foi ocasional, devido à Operação Hermes, que visa aumentar a segurança em ruas do centro de Curitiba.
 Alvo de ovos e objetos, deputada Maria Victória foi escoltada por policiais do Governo do Paraná, do qual sua mãe é vice-governadora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário