Fale com este blog

E-mail: ercio.remista@hotmail.com
Celular: (91) 8136-7941
Para ler postagens mais antigas, escolha e clique em um dos marcadores relacionados ao lado direito desta página. Exemplo: clique em Santarém e aparecerão todas as postagens referentes à terra querida. Para fazer comentários, eis o modo mais fácil: no rodapé da postagem clique em "comentários". Na caixinha "Comentar como" escolha uma das opções. Escreva o seu comentário e clique em "Postar comentário".

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Armação ilimitada

Por Evandro Show, funcionário aposentado do Basa, residente em Itaituba.
A recente delação do grupo JBS, cercada de atos e fatos nebulosos, aponta para uma montagem draconiana, elaborada para, simplesmente : 1 ) - derrubar o presidente Temer; 2 ) - Convocar eleições diretas; 3 ) - Eleger Lula; 4) - Acabar com a Lava Jato, e, 5 ) - Instalar a República Bolivariana Brasileira.

E a rede Globo, com sua máquina mortífera (sua audiência de 80% nos lares brasileiros),. foi convocada para incendiar o celeiro republicano, com sucessivos bombardeios contra Temer e Aécio.
Resta claro, como a luz do sol, que essa delação foi devidamente planificada. É crucial agora, para Lula, a antecipação das eleições gerais, antes de sua condenação em segunda instância. O tempo urge, vale tudo agora, até delação programada, gravação editada, flagrante preparado e forjado ( casca de banana ), PT, PSOL, PC do B, CUT nas ruas, gritando " FORA, TEMER ", Globo insistindo na veiculação da mesma matéria, assumindo o quase " VOLTA, LULA " !.

O momento é crucial para os bandidos que saquearam o Brasil. A bala de prata tem que ser agora, sob pena de a Lava Jato, com seus tentáculos, abarcar a todos, com severas punições. Com suas tramóias, ou Lula vence essa parada agora, ou será condenado à pena máxima na cadeia. Quem viver, verá !
EM TEMPO : Nos governos Lula e Dilma (2003 a 31/08/2016), quem comandou o Brasil ? Odebrecht e JBS...

4 comentários:

  1. Infelizmente, em todos os setores, em todos partidos políticos e seus membros, impera a corrupção, inexistindo qualquer compromisso com a melhoria de vida do povo brasileiro.

    ResponderExcluir
  2. Muito bem, Evandro, e farei como você: no boca-a-boca irei alertar homens e mulheres, principalmente os jovens, para na próxima eleição eliminarem os piores e escolherem os candidatos mais honestos, se porventura existirem.

    ResponderExcluir
  3. Eu confio no Moro. Fora Lula!

    ResponderExcluir
  4. E o mais grave, que nos convida a pensar com mais profundidade :
    O ex-procurador Marcelo Miller – que atuava como braço-direito do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, até março deste ano, e participava da Grupo de Trabalho da Lava Jato – passou a trabalhar no escritório de advocacia que negociou os termos da leniência do grupo JBS com a Procuradoria-Geral da República.
    De acordo com a Band News , Marcelo Miller trabalha agora no escritório Trench, Rossi & Watanabe Advogados, no Rio de Janeiro, que foi contratado pela JBS para negociar os detalhes da delação premiada dos irmãos Wesley e Joesley Batista.
    De acordo com a Band News , Marcelo Miller trabalha agora no escritório Trench, Rossi & Watanabe Advogados, no Rio de Janeiro, que foi contratado pela JBS para negociar os detalhes da delação premiada dos irmãos Wesley e Joesley Batista....
    É MUITA COINCIDÊNCIA,....

    ResponderExcluir