Fale com este blog

E-mail: ercio.remista@hotmail.com
Celular: (91) 8136-7941
Para ler postagens mais antigas, escolha e clique em um dos marcadores relacionados ao lado direito desta página. Exemplo: clique em Santarém e aparecerão todas as postagens referentes à terra querida. Para fazer comentários, eis o modo mais fácil: no rodapé da postagem clique em "comentários". Na caixinha "Comentar como" escolha uma das opções. Escreva o seu comentário e clique em "Postar comentário".

domingo, 25 de junho de 2017

As cifras que fazem do craque Messi um dos mais ricos dos gramados

Aniversariante de ontem (24), Lionel Messi chega aos 30 anos como um dos melhores astros do futebol de todos os tempos, com 567 gols na carreira, cinco títulos anuais de melhor jogador do mundo e um dos únicos dois jogadores na história que receberam a Ballon d’Or mais de três vezes – o outro é Cristiano Ronaldo, com quem ele vive uma suposta rixa de anos.

Mas muito além das conquistas nos gramados e da nova idade, os números mais chamativos sobre o craque argentino que ele pode comemorar todos os dias são aqueles relativos às finanças, já que nunca antes na história jogadores de futebol ganharam tanto dinheiro como agora. Messi, aliás, só fica atrás de Ronaldo na lista dos atletas mais bem pagos do mundo, que em outras épocas era dominada por astros da NBA e do golfe.

Veja, a seguir, que o atacante do Barcelona e capitão da Seleção Argentina – que se casa no próximo dia 30 – entende tanto de aumentar a fortuna quanto de dribles, embora nesse campo também não escape às polêmicas. Confira!
Renda garantida
Na lista dos atletas mais bem pagos do mundo da “Forbes” Messi só perde para Cristiano Ronaldo. Entre junho de 2016 e junho deste ano, segundo a revista, a renda dele bateu em US$ 80 milhões (R$ 267 milhões), sendo US$ 27 milhões (R$ 90,1 milhões) em contratos de patrocínio com marcas como a Adidas e o restante em salários do Barcelona. Mesmo quando parar de jogar o acordo do jogador com a marca esportiva, que é vitalício, vai garantir a ele US$ 8 milhões anuais pelo resto da vida, o suficiente para que não precise mexer na fortuna que acumulou, estimada em US$ 340 milhões (R$ 1,1 bilhão).
Vale quanto pesa
Ter Messi em campo também custa caro. De acordo com analistas do CIES Football Observatory, o passe do argentino é hoje o segundo mais caro do mundo, avaliado em £ 149 milhões (R$ 631,8 milhões). Ex-campeão nesse quesito, ele perdeu o título neste ano para Neymar, cujo passe teve uma supervalorização e chegou a £ 216 milhões (R$ 915,8 milhões) em janeiro.
Casa dos sonhos
Como a maioria dos jogadores de futebol, Messi também adora morar bem. Mas uma casa gigantesca (foto abaixo) que ele está construindo na cidade de San Andrés de Llavaneras, no norte de Barcelona, é digna de menção: com mais de 2 mil metros quadrados de área e projetada pelo arquiteto espanhol Luis de Garrido, a mansão eco-friendly batizada One Zero Eco-House (em alusão ao número 10 da camisa dele) terá o formato de um campo de futebol quando ficar pronta e consumiu mais de US$ 10 milhões (R$ 33,4 milhões) até agora. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário