Fale com este blog

E-mail: ercio.remista@hotmail.com
Celular: (91) 8136-7941
Para ler postagens mais antigas, escolha e clique em um dos marcadores relacionados ao lado direito desta página. Exemplo: clique em Santarém e aparecerão todas as postagens referentes à terra querida. Para fazer comentários, eis o modo mais fácil: no rodapé da postagem clique em "comentários". Na caixinha "Comentar como" escolha uma das opções. Escreva o seu comentário e clique em "Postar comentário".

terça-feira, 25 de julho de 2017

Leitorado: Homenagem à Orion Klautau

Do jornalista Francisco Sidou, sobre a morte de Orion Klautau, ocorrida ontem:

"Trata-se de uma perda imensa para a comunidade bancreveana. Orion Klautau foi certamente o melhor ´diretor do Banco da Amazônia, não só pelas grandes realizações que imortalizam seu nome, mas também pela excepcional capacidade de liderança democrática, conciliadora e motivadora, educação esmerada no trato com todos, sem distinção, e pelo caráter ilibado. Tive a honra de ser seu assessor na Diretoria Administrativa (ex-Dirad). Homens com sua estatura moral cada vez mais rareiam no "mundo moderno", pois não dispomos de peças de reposição no mercado. Sem ele não teríamos a CASF, por exemplo, uma conquista memorável dos empregados do Banco da Amazônia. Não teríamos tido também a belíssima sede campestre do Bancrévea, hoje ameaçada pela especulação imobiliária e pela fraqueza "por dinheiro" de alguns anões que se julgam donos do clube e da bola. Teríamos perdido a aposentadoria pela Capaf, que ele defendeu com unhas e dentes na época em que esteve também ameaçada. Com a morte de Orion Klautau perdemos todos uma referência do grande realizador e homem de bem. Sem ele, fica mais pobre a nossa paisagem humana e urbana. Não estou em Belém e não vai dar tempo ir ao seu velório e enterro. Mas mando daqui sentidas condolências à sua digníssima esposa, Dona Céa, seus filhos e demais familiares. Descanse em PAZ, grande líder Orion Klautau! "

2 comentários:

  1. Meu avô merece cada homenagem. Um homem que só tinha espaço para o bem no seu coração.

    ResponderExcluir
  2. De uma simplicidade apaixonante.Chegava todos os dias com aquele entusiasmo para o trabalho, com aquele vozeirão e sorriso largo, quando diretor do Banpará. Também foi a melhor diretoria.

    ResponderExcluir