Fale com este blog

E-mail: ercio.remista@hotmail.com
Celular: (91) 8136-7941
Para ler postagens mais antigas, escolha e clique em um dos marcadores relacionados ao lado direito desta página. Exemplo: clique em Santarém e aparecerão todas as postagens referentes à terra querida. Para fazer comentários, eis o modo mais fácil: no rodapé da postagem clique em "comentários". Na caixinha "Comentar como" escolha uma das opções. Escreva o seu comentário e clique em "Postar comentário".

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Casal ‘Dudu’ usufrui de recursos ilícitos ‘bem longe’ de Belém, diz Procuradoria

O Ministério Público Federal do Pará juntou a uma ação por improbidade administrativa contra o ex-senador e ex-prefeito de Belém Duciomar Costa, o ‘Dudu’, fotos do ex-chefe do Executivo com sua mulher. Segundo os investigadores da Operação Forte do Castelo – deflagrada em dezembro contra esquema de fraudes milionárias em licitações na gestão ‘Dudu’ em Belém – , as imagens apontam uma vida de luxo do casal em São Paulo. Duciomar ‘Dudu’, que está em regime de prisão domiciliar, foi senador entre 2002 e 2004 e prefeito de Belém entre 2005 e 2012. A PF e a Procuradoria suspeitam que ‘Dudu’ comandava organização criminosa que teria desviado R$ 400 milhões dos cofres públicos por meio de fraudes a licitações durante sua gestão na capital paraense, entre 2005 e 2012, nas secretarias de Comunicação, Habitação e Urbanismo.
‘Dudu’ e sua mulher vivem em um apartamento de 248 m² na capital paulista, destacam os investigadores. O imóvel está em nome da empresa ST Sistemas e Transporte LTDA. “Em uma estimativa de preço obtida na internet, para um imóvel localizado naquela localidade, o metro quadrado sairia atualmente por volta de R$ 7.950,00, o que faria um imóvel de 248 m² valer cerca de R$ 1,957 milhão: ainda, comprova-se que o casal vive maritalmente e usufruindo dos recursos financeiros obtidos ilicitamente com as fraudes na Prefeitura de Belém, bem longe da capital paraense”, afirmam os procuradores Alan Rogério Mansur Silva e Ubiratan Cazetta.

Elaine Baia Pereira foi alvo de quatro ações por improbidade. Contra ‘Dudu’, seu marido, o Ministério Público Federal ajuizou seis ações. (Fonte: Estadão)

Nenhum comentário:

Postar um comentário